Pular para o conteúdo principal

Postagens

Vênus em Escorpião tá vindo aí. Tudo que você precisa saber sobre meu novo livro!

Oi oi meus amores queridxs! 
Como estão vocês todxs? Espero que muito bem, pois eu tô eufórico e cheio, mas cheio de novidades para contar a vocês.
Eu não sei nem por onde começar, na verdade, é tanta coisa que até eu tô precisando me situar. 
Mas vamos lá...
Sigam-me os bons...
Vocês que me acompanham, que leem meus livros, que escrevo com muito amor e carinho, sabem que há alguns meses postei um conto surpresa, assim do nada na Amazon, chamado O homem dos meus sonhos.


Pois bem, como acontece com quase todos os meus contos, esse conto acabou ganhando o roteiro para um livro (dois, na verdade, é uma duologia). O mais legal nisso tudo é que já terminei de escrever o primeiro livro e ele se chama Vênus em Escorpião e, conta a saga do personagem após os acontecimentos do conto. 
Mas não para por aí. O livro já tem editora, a capa do livro já tá sendo produzida... Agora é só correr para marcar uma data de lançamento. OMG!
A casa de Antony (personagem de o homem dos meus sonhos) é a Editora Ella, …
Postagens recentes

Tag dos namorados

Bom dia, meus queridos amig@s, leitor@s e parceir@s.
Vocês estão todos bem? Espero que estejam sim e que esse início de semana seja maravilhoso para cada um de vocês que me acompanham aqui no blogue.
Meus querid@s, é o seguinte, hoje pela primeira vez vou responder uma TAG aqui no blogue. Para quem não se liga nessas coisas, TAG é uma espécie de desafio lançado em redes sociais tematizando alguma data, coisa, ou até mesmo meme.
A TAG de hoje se chama "TAG dos namorados", e foi lançada pelo meu blogue parceiro Sinopse dos Livros, lá no instagram.
Então a TAG trás as seguintes questões:
- Desliga você primeiro, amor. Não, desliga você. - Um livro que você não queria mais largar.
- Amor, diz que me ama. - Um livro cheio de charme.
- Quem é essa no seu Whatsapp? - Um livro que você morre de ciúmes.
- Vai lá com a sua amiguinha. - Um livro que você não suporta.
- Você é tudo para mim! - Um livro que foi feito para você.

Ah, eu adorei essa TAG, vambora responder, né?!


1. Um livro que você nã…

Meus 15 livros de cabeceira

Olá gente, como vocês estão? Espero que estejam todos bem. 
Amoras, geralmente os leitores sempre carregam aquela curiosidade na cabeça de saber quais são os livros de cabeceira do seu autor predileto. Alguns de vocês já me perguntaram o que eu mais gosto de ler e quais são aqueles que me deram lições para a vida.
Bem, eu já li um montão de livros nesse mundão de meu deus, e vou listar para vocês os que mais amo e sugerir também a vocês que os leiam, caso já não tenham feito isso.
Vamos nessa?


1. Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres - Clarice Lispector


Quando li essa coisa linda estava no colegial, foi o livro que me fez eu me apaixonar pela Lispector. Hoje já li toda a sua bibliogrfia
2. As Ondas - Virginia Woolf


As Ondas foi o primeiro da Mrs Woolf que tive em  mãos, e foi um marco para mim. Li-o como se cantasse uma música. Ele é como uma bíblia.
3. A Filosofia Na Alcova - Marquês de Sade


O livro mais despudorado que já tive em mãos. A obscenidade que ele contém, na verdade é o plano…

eBook novo na Amazon: HEDONÊ - Novelas Nada Delicadas (CONTO I)

Olá queridos leitores, sei que ando sumido do blogue, mas tenho uma explicação. O tempo anda corrido, e tenho aproveitado os meus momentos de liberdade para escrever. Tenho desenvolvido alguns projetos e tô cheio de planos para o segundo semestre de 2017.
Contudo, não vim aqui falar sobre isso, na verdade estou aqui para divulgar uma novidade. 
Gente, hoje eu lancei na Amazon um projeto que se chama NOVELAS NADA DELICADAS, o primeiro conto se chama Hedonê e como vocês devem imaginar, faz referência a personagem de mesmo nome do meu primeiro romance, Epicuro em meu jardim.
Então segue a capa, a sinopse e o link para que vocês possam dar aquela conferida.
Amazon
Sinopse:
O PRAZER PODE SE TORNAR UM VÍCIORefeita e feliz, após os episódios que a levaram ao seu temeroso infortúnio, Hedonê agora completamente entregue a Eros, se revela muito mais sensual do que já fora um dia. Dedicada a escrita de contos e poesias, ela passa a narrar fatos da sua vida que culminarão no seu grande momento de vitór…

[ROMANCE] Epicuro em meu jardim - Marcos Welinton Freitas

A poesia deveria vir até mim, como num ímpeto. Devir vir inominada, como no gozo. Apenas o estado em que o corpo se concentra em um único sentido, o tato. Mas a poesia vem até mim dilacerando toda a minha estrutura. Costura-se em minhas artérias e vaza pelos meus olhos, pela minha boca, pelos meus dedos. Todos os sentidos se perdem e se reencontram. A poesia me torna, me assalta, antecede o meu desejo. Eu só tenho desejo no poema.
- Trecho do Livro Epicuro em meu jardim



Ficha Técinica

Autor: Marcos Welinton Freitas Págs: 110 Gênero: Romance Formato: 14 X 21 Editora: Multifoco | Selo: Desfecho Romances
Lançamento: 2017
Sinopse:
A vida às vezes nos põe no pelourinho, abrindo em nós feridas que parecem que nunca cicatrizarão, foi assim com Hedonê. Após perder o grande amor da sua vida em circunstâncias fatais, a tristeza abraçou-a de tal modo que até a única coisa que podia salvá-la de si mesmo ela perdeu, a sua literatura. A poesia deixou de fazer-lhe companhia, e ela se tornou uma escritora fa…

Canto de Primavera

Galeria de arte Lauri Blanki




CANTO DE PRIMAVERA




Em teu corpo adormece a primavera dos ímpios,
Quando tomado por cólera e tédio,
Tomas-me a carne e faz dela o teu presságio.
Em tua benevolente condição de homem
Moram pássaros rubros que me bicam
À noite, e gatos de prata que reluzem
A cor do desejo no espelho dos seus olhos.

Quando enternecido pela tua luxúria
Brotam luas em minha pele,
Ardências e sofreguidões da minha epiderme -
Vias sagradas,
Cruzes, adagas, espadas.
Cortam-me palavras rasgadas do fundo da garganta.
E me amordaçam anjos, bandidos, ogros,
Fadas-putas,
Cálices de sangue, arranhões e
Agonias muitas.

E no fim, a minha asa
Esquecida na catedral onde morreram todos os meus sonhos
Rejuvenesce em minhas costas
E eu adejo sobre a tua visão de paraíso,
O canto de volúpia em que te rejubila
E goza da minha estúpida fugacidade.

Quatro poemas sobre desilusão amorosa

Foto: imagens da internet

Estou doente
Há dias chovem estrelas enegrecidas dentro de mim. Se eu pudesse comer do olho do furacão Ou mastigar algumas conchas...
Ah, mas tu, que te foras sem querer deixar vestígios em mim Ainda está presente em meus dias, Todos nublados, todos repletos de chuvas de meteoros E luas que nunca nascem...

Perdoe-me, deixa-me viver, liberte meu espírito
Alma sedenta, para que não arranhes O corpo que te envolve, Perdoa-me!
Cá dentro, batem em revoada Todos os presságios Que um dia ousaram fugir dos jardins secretos. E hoje a hiena que é minha alma, está sedenta por sangue, Sedenta!
Alma sedenta, para que as crianças não chorem, E os homens não exijam que eu vá para debaixo da cama. Não vou beijar teus pés, não estou condenado ao inferno.
Alma sedenta, antes de qualquer coisa, Perdoe-me, deixe-me viver, liberte meu espírito.
Você é minha irmã, meu pedaço de inocência, Crescendo em meu peito como uma caçadora, Eu te amo por que não preciso me explicar pra você Nem contar meus sonhos pa…